No Mural

No Brasil, 60% das internações ocorrem por falta de saneamento

O presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Henrique Pires, declarou nesta segunda-feira (12) que 60% das internações no Brasil são decorrentes da péssima qualidade do saneamento básico no país. Ele esteve hoje reunido com gestores municipais de todo o estado, discutindo a necessidade do esgotamento sanitário e fornecimento de água de qualidade.

Associados em destaque

Seminário promovido pela Prolagos debate parcerias para avanço do saneamento básico

Debateram, entre outros temas, o novo momento que vive o setor, com a perspectiva de uma maior abertura à iniciativa privada por meio de concessões, privatizações e PPPs (Parceria Público Privado) e a necessidade de maior inserção e diálogo com a comunidade neste contexto.

Opinião

A vez do saneamento básico

O programa de privatizações do governo Temer frustrou quem esperava algo mais potente e ambicioso direcionado a arrecadar uma bolada de receita extra orçamentária e derrubar boa parte dos R$ 139 bilhões de déficit fiscal esperado para 2017.

Caminhos para a privatização

É preciso garantir aos operadores de saneamento, públicos ou privados, regras simples e seguras para atualização tarifária e para a recuperação dos investimentos